Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tralhas Grátis

Tralhas Grátis



Roteiro de Londres - 2 dias on the budget!

londresroteiro.jpg

Londres tem inúmeras atrações para visitar, ver e disfrutar mas sempre a poupar! Em 2 dias é difícil ver/fazer tudo que é suposto, por isso como nos museus, há sempre o roteiro dos principais pontos para quem tem pouco tempo :) cada um adapta às suas vontades e necessidades, mas deixo a minha experiência e as minhas dicas.
PS. Levem espaço na mala...

Quanto gastei? 290€ (Para os dois 400€)*
Avião ida e volta pela Ryanair, reservado em Março: 65€ (130€ para os dois)
Transfer de camioneta pela National Express ida e volta: 30€ (60€)
Hotel (Blair Victoria Hotel) - reservado pelo booking.com com cancelamento grátis e pequeno almoço 3 noites para duas pessoas: 180€
Transportes: 15€ (30€)
*Sem alimentação - Mas em geral cada refeição para os dois variou entre 9£-20£


Como sair do aeroporto de Stansted até ao centro de Londres?

Nós compramos no site da Ryanair o transfer - em parte por comodismo e por outro lado porque o valor (13£) é o praticado, em média.
De entre as várias opções de empresas (comboio ou camioneta) optamos pela National Express (Podem reservar online a camioneta).

  • Encontram o seu stand na saída do aeroporto, onde oferecem um voucher com descontos leve 2 pague 1 (London eye por exemplo). Contudo, mesmo que não viagem por esta empresa podem pegar num mapa grátis de Londres que se encontra nos expositores.
  • A camioneta tinha wifi grátis a funcionar bem, mas só na camioneta da volta :)

 

Onde ficamos hospedados em Londres?
Ficamos hospedados na zona de Victoria, e desde o aeroporto de camioneta demoramos 2h, devido ao trânsito. O hotel ficava a 10 minutos a pé da estação de comboios, camionetas e metro.

  • Uma zona excelente para pernoitar já que também está muito próximo (a pé) de toda a zona do Big Ben, abadia de Westminster e do Palácio de Buckingham. Tem imensos supermercados, farmácias, e comércio em geral a bons preços.

O alojamento também não é dos mais caros, portanto recomendo, considerando que foi uma escolha mesmo acertada :) Revelou-se ainda mais vantajoso no dia do regresso ao aeroporto porque só tinhamos de apanhar o autocarro às 13:15, conseguimos aproveitar a manhã toda a passear e fazer as últimas compras, e quando fomos ao hotel buscar as malas (serviço de guarda 2,5£) só tivemos de caminhar 10 minutos :)


Quanto ao roteiro que fizemos para dois dias em Londres:

 

1º dia


Chegamos às 12:30 ao hotel, onde deixamos as malas. Fomos comer à zona da estação de comboios de Victoria, e seguimos para visitar a cidade.


1. Do Palácio de Buckingham, a pé pelo jardim St James Park (é dos mais bonitos e tem pelicanos oferecidos por uma realeza doutro país), no final do jardim passam pela casa do primeiro ministro - 10 Downing Street.
Também passam na porta do Imperial War Museum (Winston Churchill).
2. Depois optamos por não ir logo à zona do Big Ben mas antes visitar Trafalgar Square (metro Charging Cross)
3. Daqui seguimos para Covent Garden.
Esta região da cidade tem um mercado com lojas das melhores marcas ao ar livre! É muito bonito e é lá que encontram uma loja das Melissas super linda e a loja da Apple, bem como Burberry, Urban Decay e Chanel.

4. Seguimos até Leicester Square também com muito comércio - loja M&Ms e Nickelodeon - e Chinatown (que basicamente é uma rua e meia com restaurantes e balões pendurados).
5. Se continuarem vão até Piccadily Circus e seguem pela Regent Street (monnnntes de lojas e monnntes de gente). É aqui que existe um cruzamento em que os 4 semáforos fecham e é possível atravessar a rua em transversal com a Oxford Circus - Oxford Street! Onde também há todo o tipo de lojas para todas as carteiras... desde Primark (4 pisos), Zara, Bershka, Topshop, John Lewis, Urban Outfitters, etc.

A estação de metro da Primark é a Tottenham Court Road Station

6. Como o dia estava a terminar começamos a regressar para sul (Victoria) de modo a passar no Harrod's e Hyde Park.
Na zona do Harrod's é onde encontram os melhores carros - do Ferrari ao Lamborghini a passar pelo Maseratti - tudo carros super comuns eheh por esta zona estão os paparazzis de carros :) sempre que um modelo destas marcas de luxo sai é visto a primeira vez no Harrod's! Resumindo, é mega luxo :)


2º dia


1. Depois do pequeno almoço, mochila às costas e fomos a pé pelo Palácio de Buckingham de novo pois às 11:30, se não estiver no Verão, dia sim dia não decorre a troca dos guardas do palácio (calendário do Changing the guard).
2. Desta vez viramos à direita para o Big Ben, parlamento inglês, abadia de Westminster, e passamos pela ponte de Westminster. De lá tirem bastantes fotos porque é o momento "postal de Londres" com vista para o London Eye.
3. Do outro lado do rio Tamisa, seguem à esquerda, podem apanhar um autocarro até a Tower Bridge e depois almoçar num dos maiores mercados de comida o Borough Market (site do mercado) que fica mesmo ao lado da estação de metro London Bridge - os preços são muito convidativos.
4. Tentem ir junto ao rio para ver um barco da marinha naval que se encontra estacionado como navio museu - HMS Belfast, onde tem uma excelente vista para a Tower Bridge. Sigam sempre que depois sobem-se umas escadinhas para atravessar a ponte.
5. Atravessamos a Tower Bridge a pé, e fomos de autocarro posteriormente onde passamos a catedral de St Paul (metro St. Paul's) até ao British Museum.
O British Museum tem entrada livre, e esconde momentos muito importantes da reconstrução da história :) acho que vale mesmo a pena ir com tempo, pelo menos 2 horas (e mesmo assim para quem gosta de história é apertado). O ex-libris do museu na minha opinião e que devem mesmo visitar é a ala esquerda depois da entrada principal. Sobem as escadas e encontram os mistérios do antigo Egipto, a história da europa no tempo dos Etruscos, romanos, antiga grécia... muito bom mesmo.
Depois seguimos pela Oxford Street para umas compras :)
6. Encontramos a minha amiga Sara, e fomos até a uma loja chamada Tk Maxx e depois seguimos a pé até Chinatown onde jantamos all you can eat por 9,50£ cada.

roteirolondres.jpg

 

Dicas importantes para poupar em Londres:

  • Transportes: Compramos um bilhete de 1 dia para os transportes (custa umas 12£) mas esta não foi a escolha mais acertada agora sabendo como funciona a coisa :)
    Deviamos ter comprado um Oyster Card (comboios, autocarros, metro) que custa 5£, e carregar com 10£. Durante um dia, se gastarem 6,50£ o cartão não permite gastar mais, sobrando 3,50£. É um limite máximo diário estipulado! Depois vão à estação devolver o Oyster Card e reembolsam o valor do cartão mais o restante que não gastaram (neste caso 5£+3,50£). Sai mais barato principalmente se ficarem mais dias! Porque o cartão é recarregável, e no dia seguinte teriam mais um dia para gastar 6,50£ (máximo)...
    O Oyster Card é impresso nas bilheteiras do metro (Clickam em "Get new cards" e compram carregado com 10£).
  • Almoçar e jantar barato e bom: É possível comprar comida quente e de excelente qualidade nos supermercados. Há um pouco de tudo e doses avantajadas. Comprei por exemplo carne picada com arroz por 3,50£ (no Sainsbury's), com os talheres e guardanapos. Depois compram uma água ou bebida e call it a meal eheh
  • Compras: Fomos em busca dos melhores deals da cidade e como tal não podia deixar de ir à TK Maxx! Foi a minha amiga Sara que descobriu e nos levou a esta loja incrível... é um outlet com as melhores marcas a preços ridiculos. Comprei umas botas Calvin Klein por 39£, outras por 19£, carteiras de homem em pele e de marca 10£, casacos das marcas mais top 50£... enfim! Um tralheiro perde-se naquela loja, não é de admirar termos encontrado por lá portugueses eheh :)
    A Primark tem 4 pisos mas não fui explorar, preferi a TK Maxx.
  • Lojas no aeroporto de Stansted: Se gostarem de algum artigo na loja de roupa Next, não comprem na cidade deixem para comprar no aeroporto de Stansted porque é mais barato 5£ cada artigo (em média).
    No aeroporto também encontram Ted Baker e Superdry com descontos.
  • Souvenirs: Pela cidade, na zona de Oxford circus ou Leicester Square encontram souvenirs a 1£! Portanto, deixem para comprar recuerdos nestas lojas que vão encontrar no vosso passeio pela cidade :)
    Acima de 1£ é caro eheh
  • Internet grátis e wifi em Londres: Descarregamos o mapa de Londres através do Google Maps e assim é permitida a sua utilização offline. Muito útil!! Mas por toda a cidade encontram vários pontos de wifi grátis - McDonald's, estações de comboio, centros comerciais, cabines telefónicas, grandes armazens, restaurantes, cafés... No aeroporto há uma hora grátis de wifi.


O que gostava de ter feito e não deu tempo?

Ir ao musical Fantasma da Ópera, passar mais tempo no Bitish Museum, ir ao Natural Museum, andar de bicicleta pelo Hyde Park, ir a Camden town, visitar Churchill War Rooms, e muuuuito mais!!...

 

Boa viagem!

roteirolondres1.jpg

Fim de Semana nos Açores (Roteiro de São Miguel)

1açoresguia.jpg

Desta viagem aos Açores trouxe tralhas na mala. Daquelas que não tem preço, e que não ocupam espaço nenhum na mala... falo de boas recordações :)

> Mapa completo do Guia no Google Maps (levei impresso)

Este roteiro apenas abrange a ilha de São Miguel, onde encontram Ponta Delgada, a Lagoa das Sete Cidades, a Ilha do Fogo.. e o ilhéu de Vila Franca do Campo, famoso pelo Red Bull Cliff Diving.

Parti na sexta-feira à noite num voo da Ryanair que não foi marcado com a antecedência devida, mas ainda assim revelou-se económico, refiro-me a 177€ (ida e volta).

Fiquei hospedada no Hotel Marina Atlântico **** onde as duas noites para os dois com pequeno almoço rondou os 180€.

Alugamos um carro das classes mais económicas desde as 18 horas de sexta-feira até à mesma hora de domingo, no qual fizemos 420km, metemos gasolina apenas uma vez e gastamos 30€, e não há portagens em São Miguel :) O aluguer foi da Varela (que está no aeroporto) por 124€. Não conseguimos mesmo arranjar mais barato, trata-se de um dos meios de transporte favorito dos turistas para visitar a ilha!

A minha opinião? Foi a melhor opção que poderiamos ter feito :) vale cada cêntimo!

Então, contas feitas em despesas já fixadas para os dois estamos em 511€ (206€ por cada um de nós).

Estou tão entusiasmada por vos contar esta aventura!! :D

5açoresguia.jpg

DIA 1 - Sábado

Acordamos bem cedinho para aproveitar o dia! Como ficamos hospedados em Ponta Delgada decidimos fazer o lado esquerdo da ilha todo e deixamos para o dia 2 o lado direito.

Lagoa das Sete Cidades - De manhã estava tudo nublado, portanto se não estão a ver as antenas nos montes, provavelmente não vão conseguir ver nada nos miradouros. Seguimos as placas pela estrada, até que chegamos ao Miradouro oficial que se chama "Miradouro da Vista do Rei". Aí, nem conseguimos perceber que ali era a lagoa, e por isso seguimos estrada afora... até que de repente passamos uma ponte com dois lagos de cada lado "Espera a Lagoa não é isto?!" - "Parece verde... e parece azul" LOL :) afinal era mesmo e já estavamos cá em baixo e não vimos nada lá em cima. Bom, o que fizemos? Seguimos...

Ferraria - É aqui que a estrada da Lagoa termina, após um enorme ziguezague com um declive bem bonito. Foi daqui que trouxe um lindo souvenir :) uma pedra negra e purosa típica da região. Devia ter trazido mais para oferecer :D os souvenirs são bem caros nas lojas, ao ponto de não ter trazido (um íman 2,90€?! HELLO!?). Voltando à Ferraria a água do mar é quente, e vão ver gente a tomar banho.

Mosteiros - Aqui é onde encontram o miradouro das Cumeeiras, não sei exatamente em que quilometro da estrada, mas seguem sempre as placas e vão ver a do miradouro. GRANDE MIRADOURO para a Lagoa das Sete Cidades. Estava vazio... muito sossegado. A vista é da lagoa azul para a lagoa verde. Tão lindo :)

Seguimos para a Caldeira Velha (WEEEEE...)

Ribeira Grande - Caldeira Velha - A Caldeira Velha localiza-se na vertente norte da serra de Água de Pau, na periferia da reserva Natural da Lagoa do Fogo. A água da Caldeira Velha é sulfatada-aluminica, com temperaturas na ordem dos 35ºC, atingindo valores mais baixo ao longo da ribeira, sendo que , junto á cascata, os valores são na ordem dos 25º. É espetacular!!! É mesmo um must a visitar! Levem bikini e toalha porque não vão querer sair daquele mini-paraíso! O bilhete Individual custa 2€ e está aberto até às 20:30 até Setembro.

Fomos almoçar ao Restaurante Monte Verde - mas sinceramente não me impressionou minimamente, afinal os preços até estavam um pouco puxados. Saí de lá bem cheia e comemos peixe grelhado bem fresco. Mas pagamos os dois por volta de 30€. Morada: Rua da Areia, 4 , 9600-546 Ribeira Grande 

Lagoa do Fogo - Não consegui ver nada porque estava bastante nublado :( mas fica na estrada como se fossem para a Caldeira Velha. Sobe-se imenso até lá acima para ver... e enquanto estavamos a subir o nevoeiro ficava mais e mais cerrado...

2açoresguia.jpg

Furnas - Poça da Dona Beija - Bom, seguimos para um dos sítios que mais gostamos! Foi espetacular MESMO! Paga-se 3€ para entrar, mas são piscinas termais muito bem tratadas e bem pitorescas. Com condições maravilhosas para a prática do banhismo termal eheh são as quatro fotografias que estão aqui por cima. As águas são férreas e muito quentes. Vale bem a pena a visita. Era para ir ao Parque Terra Nostra que se situa quase ao lado, mas ouvi um grupo a regressar a explicar que detestou as águas desse Parque e decidi nem ir tentar, pois estava a adorar a Dona Beija :)

Aberto das 7 às 23. A entrada custa 3€ para adultos e 2,5€ para as crianças. Tem 4 poças de água férrea a cerca de 37 graus. A melhor altura para ir é ao final do dia para relaxar. Levar fato de banho velho e toalhas escuras. A chuva não é impeditiva. Situa-se na Lomba Das Barracas, 9675-044 Furnas

Nas Furnas é impossível não encontrar água nas três bicas e o Restaurante O Miroma (Rua Doutor Frederico Moniz Pereira 15) para comer o cozido das Furnas, que ronda os 15€ por dose. Não fomos comer, pois estavamos muito mas mesmo muito cheios do que tinhamos andado a comer apenas em 24horas!! eheh Então não fizemos questão de ir, mas fica aqui o apontamento do restaurante.

Ponta Delgada à noite - fomos dar a voltinha da praxe, como é Verão há festinhas por todo o lado e muita vida junto à marina. Jantamos um bife enorme, que eu nem consegui comer tudo (10€) num café muito conhecido "O Galego" (Rua Praia dos Santos, n.º21).

3açoresguias.jpg

DIA 2 - DOMINGO

Fizemos o lado direito da ilha rumo à freguesia de Nordeste (linda!).

Vila Franca do Campo - uma vila que descendo até ao mar conseguem ver o Ilhéu de Vila Franca do Campo, e num ponto mais central e se o tempo permitir a ilha de Santa Maria.

Para sair da Vila sobem a estrada e ao subir é que conseguem ver mesmo muito bem o Ilhéu! Excelente vista da estrada, mas precisam parar o carro em segurança :D

Vale das Furnas - rumo a Nordeste, fomos pelas Furnas, outra vez. E só aí é que vimos o vapo a sair do solo! Tão mas tão giro o Vale das Furnas... :) o vapor confunde-se com as nuvens, e ouve-se o borbulhar da terra, a respiração :) Penso que entre as 12 e as 15 horas, é provável assistir ao "desterrar" do cozido.

Nordeste - chegamos à outra ponta da ilha e o caminho é muito bonito, vão passar pelo miradouro do Por-do-Sol e por um miradouro muito giro - Miradouro da Ponta da Madrugada. Haviam famílias a fazer pic-nics, aliás no Domingo o que mais se via eram pic-nics :)

Parque Natural da Ribeira dos Caldeirões (Nordeste) - Achadinha 9630, São Miguel, Portugal - já na estrada a regressar para Ponta Delgada, passamos por aqui, mas como não trouxemos fatos de banho não fomos aproveitar :( DICA: sempre com toalha e bikini no carro existem banhos bons por todo o lado eheh Este é parecido ao da Caldeira Velha.

Ponta Delgada - ao regressar fomos almoçar à Taberna Açor - Rua dos Mercadores 41. Que falei como sendo um restaurante económico num post já publicado. Adorei, excelente comida, serviço, localização.

Daqui rumo ao aeroporto.

Uma dica para quem alugar carro: quando enchemos o depósito há sempre uma margem de quilómetros até o ponteiro descer. Como os carros de aluguer precisam ser entregues de depósito cheio, encham uns 70km antes do local de entrega. Assim ainda gozam um bocadinho sem "gastar" dinheiro, pois vão entregar o carro de depósito cheio na mesma.

6açoresguia.jpg

 Espero ajudar nas vossas conquistas pelo mundo :)

Passeios a Cavalo e de Pónei (e outras atividades)

Screen Shot 2015-04-08 at 23.09.03.png

Sabem o que adoro na Primavera?! É sair e passear!! A minha irmã quer muito fazer um passeio a cavalo, por isso fui em busca e encontrei os passeios a Cavalo e de Pónei, do Parque da Pena (Sintra).

Encontrei imensas atividades para realizar durante esta época de bom tempo :)

Deixo-vos a informação relativa aos passeios, mas há muitas outras atividades como workshops de sabonetes naturais, workshop de plantas medicinais, etc!


Todos os dias há passeios a cavalo e pónei, Parque da Pena
Passeios a cavalo em que o visitante percorre, de uma forma diferente, os caminhos e trilhos do Parque da Pena. A duração dos passeios a cavalo pode variar entre os 30 e os 90 min., ou as 3h e as 6h. No programa mais longo existe a possibilidade de visitar outros polos sob gestão da Parques de Sintra e mesmo agendar um almoço em local a especificar. Todos os passeios são feitos mediante acompanhamento dos tratadores dos cavalos, que guia os visitantes através do percurso.
A pensar nas crianças, a Parques de Sintra dispõe também de uma atividade que permite aos mais novos terem a sua primeira experiência a cavalo num pónei, treinado especialmente para o efeito e acompanhados também por um dos seus tratadores.
- Passeios a cavalo: 10€/30 min, 25€/90 min, 50€/3h, 100€/6h (acresce o bilhete de entrada no Parque da Pena)
- Passeios de pónei: 5€/15 min (acresce o bilhete de entrada no Parque da Pena)


- Para garantir disponibilidade, é recomendável efetuar reserva prévia: info@parquesdesintra.pt ou +351 21 923 73 00
- A realização do passeio depende das condições meteorológicas
- Saber mais: www.parquesdesintra.pt/experiencias-e-lazer/passeios-a-cavalo/

 

Vamos aproveitar o que é nosso!! :D

Roteiro 3 dias Paris + 2 dias Disneyland

Como o meu roteiro de Amesterdão teve sucesso, e depois me pediram também de Barcelona e Berlim, os quais ainda não coloquei, deixo aqui as minhas impressões e o itinerário que desenhei e quanto gastei em Paris!

Esta viagem ganhamos numa revista e em directo para as câmaras da RTP1, lembram-se da reportagem? O prémio incluía estadia de 2 noites em Paris e os voos. Portanto se quisessemos ter ficado apenas em Paris, e deixar a Disneyland para outros carnavais poderiamos tê-lo feito. No entanto, fizemos contas e achamos que assim matavamos dois coelhos com uma cajadada só! E só vos digo... foi cansativa mas um sonho de viagem!

Basicamente, conseguimos que o voo do prémio fosse adiado, para assim conseguirmos ir à Disney.

>O meu Google Map com os horários e museus

>Pdf Mapa Transportes Públicos

 

Dia 1

14:15 - Chegada Aeroporto Charles de Gaulle

Para sair do Aeroporto compramos o Paris Visite (Pass Transport zonas 1 a 5) - 3 Dias / Adulto €47,25. Isto porque se não for 5 zonas não dá para sair do aeroporto nem ir para a Disney. Este passe funciona em todos os transportes de Paris durante 3 dias a partir da primeira validação. Poupamos imenso com este passe! Há outros que incluem museu, mas tem um problema: falta-lhes a zona 5! E para nós era fundamental ter esta zona, porque um bilhete para sair do aeroporto e outro para a disney pagava logo o passe!! E depois eu fiz as contas, e compensava ter outro passe para museus, Paris Museum Pass, 3 dias - 39€. Com este passe entram no Louvre, Versalhes, Musée d'Orsay, Pompidou, Arco do Triumfo, etc. Se tiverem menos de 26 anos, muitos museus são grátis, por isso vejam se compensa ou não!

Transporte: RER B para o centro da cidade, saída Châtelet-Les-Halles e aqui o M1 para Saint-Paul.

16:00 - chegamos à nossa estadia :) pousamos tudo e fomos ao Franprix abastecer águas e cakes, bolachas, sumos. 

Depois aproveitamos que em Paris demora imenso para escurecer, e visitamos o centro Pompidou, e fomos a pé até chegar ao Louvre, continuamos até à praça da Concórdia, e subimos os Champs-Elisée todos até ao Arco do Triumfo... foi uma grande caminhada!! Foi mesmo para conhecer a cidade e ter noção das ruas, das pessoas e tirar muitas fotos :) Os Champs-Elisée começam com uns jardins enormes, cheios de árvores, e só depois a meio é que começam as lojas e o luxo a sério! É muito giro subir a pé :) Afinal é uma avenida icónica de Paris, com a Cartier, Louis Vuitton, muitos teatros e cinemas... e sabem quem estava no cartaz gigante num deles? A Rita Blanco e Joaquim d'Almeida eheh muito bom ir lá fora e vermos os "nossos" a ter sucesso! No final da avenida, está o Arco do Triumfo e foi lindo! Subimos, tiramos imensas fotos, deu para situar e ter uma perspetiva da cidade! Recomendo :) mas atenção, são muitos muitos degraus!!

Como vimos lá de cima onde estava a Torre Eiffel, fomos até lá subir ao topo e ver Paris de noite, com as luzes... a chuva, o vento e o frio eheh! MUITO VENTO! Não apanhamos fila nenhuma, e cada bilhete para o topo custa 14.5€ (há desconto para quem tem menos de 24 anos). Quando chegamos aos jardins em baixo da torre, ainda estava de dia e ainda não tinha começado o espetáculo de luzes que aparece de hora a hora durante 5 minutos! É mesmo lindo :) Subimos então à Torre, que pára no 2º piso, e depois segue para o topo... quando lá chegamos estava a chover e frio! :D Mas quando descemos parou de chover, apanhamos o metro e voltamos para casa para jantar :)

Gastamos neste dia: 47,25€x2 Paris Visite e 39€x2 Paris Museum Pass, 13€ McDonalds, 4€ mini torre eiffel (a mais barata que encontrei na loja do arco do triumfo), 2€ postais, 14.5€x2 Torre Eiffel, e 7,12€ supermercado = 227.62€

 

Amesterdão em 3 dias (e com borlas!)

Penso que será muito útil este roteiro de 3 dias a Amesterdão, pelo menos para a Inês Martins é de certeza :) E guardem-no, porque em 3 dias consegui ver tudo, e no último dia já andavamos à vontade pela cidade :) E o melhor... tudo muito económico! Vamos então a Amesterdão?

Esta viagem fiz em Agosto de 2011, e estava mesmo muito frio. Tive de comprar um casaco muito grande que utilizo aqui no Inverno! Afinal é um dos países baixos :) Adoro destinos de frio, e Amesterdão é aquela cidade que nos abraça e que em poucas horas nos faz sentir holandeses :) Os souvenirs são imensos (nunca vi tanta variedade!), os detalhes são incríveis (andem de olhos bem abertos!), e as pessoas não gostam de moedas de 1, 2 e 5 cents! LOL Quando tentei pagar uma cerveja com umas moedas dessas levei logo com a história: não gostam porque não lhes dá jeito nenhum, e apenas as utilizam para meter nos mealheiros das crianças e depois ir trocar ao banco por notas. A verdade é que nunca vão utilizar moedas dessas por lá eheh os supermercados são económicos, e as drogarias são excelentes (não é nas drogarias que encontram a droga lol, mas sim produtos de higiene e beleza incluindo uma panóplia variedade de miniaturas). Quando se viaja 3 dias para um destino (aprendi isto nesta viagem), devemos chegar cedo no primeiro dia, e sair tarde no último dia! Assim aproveita-se ao máximo... eu cheguei de noite :( mas saí de tarde, do último dia e soube tão beeeem!

Podem fazer download do meu mapa e seguir as indicações, para ter três dias inesquecíveis em Amesterdão :) fiquei num hotel muito bem localizado, mas como Amesterdão é tão pequenina qualquer hotel é bem localizado.

1° Dia - Quando cheguem ao Aeroporto, comprem o "I Amsterdam Card"! Vão poder andar nos transportes todos gratuitamente durante 72 horas, descontos, ofertas e ainda entradas nos museus! Fiquei a "vomitar" cultura depois daquelas visitas todas aos museus... depois da viagem, se me fizessem uma pergunta sobre Van Gogh conseguia dizer o nome de 10 quadros sem engolir a saliva e sem respirar eheh Esse cartão, é a chave para conhecerem tudo de fio a pavio, e sai muito barato tendo em conta o que podem fazer com ele. Neste momento, custa 62€ mas fica pago em 4 ou 5 atrações e nos transportes :) Assim, já saem do aeroporto com o cartão no transporte público.

Como chegam ao hotel do aeroporto? Google maps :) Colocam a partida e o destino e depois seleccionam os transportes que existem! No nosso caso tivemos de apanhar o comboio e depois um tram. Como o cartão funciona em todos não há perigo de serem multados.

Como chegamos de noite fomos logo dormir e no dia seguinte, esse sim foi o nosso primeiro dia.

Às 8:30 já devem estar na fila para ver a casa da Anne Frank (o cartão acho que dá desconto), as filas são intermináveis... dão a volta ao quarteirão! Quando cheguei às 9:10 tive de desistir :( estava muito frio, e uma fila tão grande que nem se via a porta nem a casa! Por isso, se querem mesmo muito visitar os esconderijos da casa e a história da Anne Frank, vão muito cedo!

Como o cartão está sempre a mudar as atrações e ofertas, consultem o que há grátis e marquem no google maps. Por exemplo, a baklava grátis já não tem... mas tem um chá grátis por exemplo :) "De Bijenkorf" tem uma tralha grátis, etc.

Recomendo, que façam o lado esquerdo todo do mapa no primeiro dia. Passem em "Nine Streets" tem comércio com coisas mesmo mesmo diferentes! Tem uma loja apenas com escovas de dentes de todas as variedades possíveis e imagináveis! Vejam também o Magna Plaza, e depois vão aos museus Van Gogh, Rembrandtplein, etc. Quanto ao museu da Heineken, eu não paguei para entrar... porque a cerveja não é do agrado do meu babe eheh e então eu como também não bebo achei muito caro! Mas claro, tem uma loja de souvenirs espectacular! Depois passem no Mercado das Flores (Koningsplein) - lindo! Também o sitio ideal para trazer cannabis eheh, e comprem um guarda-chuva com uma tulipa na ponta :) é tão fofix! No final do dia, conseguimos ir ao passeio de Barco grátis com o I Amsterdam Card! Depois de andarem o dia todo, chegar ao fim (atenção aos horarios de fecho!! Nós fomos no penultimo do dia), e ver os canais de água a ligar a cidade toda é top :) foi um momento alto da nossa viagem, sem dúvida!

2º Dia - Começamos no Hortus Botanicus Amsterdam, tem uma estufa gigante com imensas plantas. Atenção que as máquinas fotográficas ficam com a lente embaceada mal se entra eheh pelo menos a minha ficou! Foi dificil tirar fotos :) É um jardim muito bonito! Depois podem ir ao Tulip Museum, às Sinagogas, que com o cartão é tudo grátis.

Também gostei de ir ver as tralhas a Waterlooplein, a feira da Ladra! Funciona todos os dias, excepto domingo. Fica ao lado da Sinagoga Portuguesa, pelo que estamos a seguir o mapa :) Conseguem encontrar tudo nesta feira, e os preços são muito economicos! Ali, encontram a casa do Rembrandt! Chama-se Rembrandthuis :) fica mesmo numa rua principal a meio da feira (Se bem me lembro).

Depois podem ir ao centro e passar pelo Sex Museum ehehe

De segunda a sábado, também funciona um mercado espectacular chamado Albert Cuyp Market! Fecha às 17h00 mas tem comida deliciosa, crepes com nutella, umas mini panquecas com manteiga... hummmmm! E foi onde encontrei os souvenirs mais baratos.

Ao longo da cidade, também encontram batatas fritas.... muitas batatas fritas! São as bifanas de lá eheh

Também um museu que adorei: casa-barco (Woonbootmuseum) :) Tão mimoso, estava incluído no cartão. Verifiquem bem as entradas grátis do cartão, porque mudam todos os anos!

De noite, passem no Red Light District (é proibido tirar fotos), mas vão ver mulheres de todas as idades, nas montras. Depois elas chamam os transeuntes, abrem a "janela que é uma porta" e processam o serviço eheh Durante o dia também conseguem ver algumas!

3º Dia - De manhã aproveitamos o desconto do cartão, alugamos uma bicicleta e fomos pelo Vondelpark e demos uma volta à cidade que foi um sonho! Paramos na Praça Damm e fizemos as últimas compras, onde aproveitei para enviar um postal, e comprar as pantufas em forma de socas :) Podem crer que, a cidade é pequena, conseguem fazer e ver tudo! Como estavamos de bicicleta, seguimos em frente pela rua do Museu da Heineken e encontramos um moinho de vento :) Foi a cereja no topo do bolo!